५हჱ«══╬PATriciatu╬══»५हჱ

Só mais um site WordPress.com

Para vencer. 12 de fevereiro de 2009

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 9:10
Dicas do livreto "52 maneiras de vencer na vida", de Clene Salles, editora Melhoramentos.


Cuide sempre, sempre, sempre da sua aparência.

Jamais
se habitue a cometer erros. Mas quando os cometer, trate rapidamente de
desculpar a si mesma e retificar o mais rápido possível.


As
pessoas que vencem na vida sabem o valor precioso da Solidariedade. Na
vida é importante saber cooperar, dar assistência quando necessário e
estabelecer um compromisso saudável com os grupos e a sociedade.


Procure
respostas. Faça perguntas do tipo: Quando foi a última vez que fui ao
ginecologista? E a resposta resolutiva é: Vou ligar agora mesmo e
agendar minha consulta. Pessoas vencedoras se perguntam: Como tenho
tratado meus familiares? Minha leitura está em dia? O que posso
aprender de novo? Tenho telefonado para meus amigos? Fiz a promessa a
mim mesma de fazer uma reserva financeira… Então, qual o meu saldo
hoje? Faça perguntas a si mesma e encontre suas respostas.


  Uma pessoa que vence na vida é sempre pontual e mantém sua agenda em ordem.

Organize-se.

Seja prática.

Concentre-se em suas metas e objetivos. Faça bom uso de seu (precioso) tempo!

Livre-se
dos prejulgamentos e preconceitos. Entenda que, ao libertar-se disso,
promove espaço para que as surpresas possam acontecer.


Mantenha o corpo e a mente em funcionamento – faça exercícios tanto para o cérebro quanto para o corpo físico.

Seja atenta, observadora, mas não controladora. Seja esperta e antenada, mas de maneira sutil.

Saiba
lidar com a diferença entre ser flexível, cordial e diplomática e
manter-se fiel a si mesma, a seus princípios, sonhos, opiniões e ideais.


Tenha a verdade como sua maior amiga e aliada.

Tenha
esperança! Esperança não é uma simples espera com confiança; é confiar
nas suas atitudes passadas e presentes. Tenha a esperança como uma
saudável ponte para realizar seus sonhos.


Ame. Permita-se ser
amada. O amor acontece por caminhos incompreensíveis. Mas o mais
importante é amar. Como diz o provérbio oriental: "uma vida sem amor é
como um ano sem primavera ou verão". Quer certeza maior de vitória do
que presenciar a conquista amorosa das flores na primavera e dos frutos
no verão?


Aproveite mais de si mesma! Apodere-se com mais
sinceridade de suas qualidades, méritos e inteligência. Use seus
conhecimentos e habilidades.


Cultive flores, mas cultive também
(e principalmente) o respeito pelas pessoas que o cercam. Respeito nos
coloca numa posição diferenciada.


De tempos em tempos, reserve um tempo e reveja suas prioridades.

Não
se prenda ao passado. Aprenda com os erros e tire suas lições deles. Na
vida todo mundo erra, mas o importante é aprender com os erros e não se
prender a eles.


Ouse sonhar. Quem quer vencer na vida deve ter
sonhos e aspirações. Seja honesta consigo mesma e com aquilo que você
realmente quer realizar. Permita-se sonhar e a pensar grande.


Integridade. Sempre faça aquilo que você disse que irá fazer, ou seja, cumpra a palavra sempre.
Anúncios
 

Relax……… 11 de fevereiro de 2009

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 10:12

Dicas do livreto "52 maneiras de relaxar", de Clene Salles, da editora Melhoramentos.



Repare em si mesma: seus ombros estão tensos? As pernas ou braços estão
rígidos por causa do estresse? Dê um tempo e relaxe. Não precisa de um
local determinado ou dedicar um período muito longo; você pode realizar
algumas destas atividades no elevador, no ônibus, no carro, em casa
mesmo, na hora em que você decidir. Faça várias vezes ao dia, sempre
que puder. São suaves brisas refrescantes e repousantes que podemos nos
dar de presente na vida cotidiana.

Varie os horários de relaxamento. Assim você terá um sono mais reparador.

Comece com o banho quente e depois de alguns minutos deixe a água morna. É extremamente relaxante.

Tire uma soneca de no máximo 20 minutos. Os estudos demonstraram que 20
minutos é o tempo para "desestressar". Sugestão: coloque um alarme para
despertar, porque se passar de 20 minutos você pode acordar meio grogue.

Pela manhã, seja em casa, no trabalho, ou no carro, ouça músicas suaves.

No carro, coloque sachês aromáticos: podem ser de menta, canela, limão
ou café, pois além de diminuir o estresse e proporcionar relaxamento,
reforçam nosso grau de atenção, concentração e clareza mental.

Crie uma frase, um pequeno texto, inspire-se numa citação de um livro
para ajudar no processo do relaxamento. Será como um código secreto seu
– somente seu – de acesso ao relaxamento.. Por exemplo: "Manter-se
relaxada significa exaltar minha beleza pessoal"

Automassagem: este dedicado gesto para consigo mesma é sempre muito eficiente:

Automassagem express nas mãos: Está parecendo que está tensa e não
tem como separar alguns minutos para ficar em silêncio? Massageie suas
mãos. Geralmente a mão direita fica mais tensa (para quem é destro) do
que a mão esquerda , então comece por ela. Massageie o punho usando a
outra mão com um leve movimento circular, depois massageie o centro da
mão. Continue com esses suaves toques circulares até alcançar – um a um
– cada dedo. Troque de mão e repita a mesma operação. Se preferir, use
um creme específico para as mãos, o que pode tornar esta automassagem
ainda mais relaxante.

Repire fundo.

Dê uma volta, saia de casa, passeie.

Se você estiver optando por marcar as férias para relaxar, por
favor, evite desgastes e tensão: cheque se o local escolhido realmente
irá oferecer tranqüilidade esperada.

Procure manter o bom humor e o otimismo.

H2O – Quando estamos esgotados, procuramos erradamente o açucar e
a cafeína. O adequado seria beber mais água. A água favorece a
hidratação do corpo, e quando se está devidamente hidratado, você sente
um bem-estar geral, menos fatigada e com menos dores… e, além do
mais, sua pele vai brilhar! Algumas gotas de sumo de limão ou de
laranja só ajudam.

Sua palavra, escrita ou falada, ganha um brilho especial depois de uma sessão de relaxamento.

Espreguice-se antes de dormir e ao acordar. Este procedimento
simples, porém tão eficaz, ajuda a manter um melhor estado de calma e
ânimo durante o dia.

Tome uma atitude verde! Faça algum procedimento para ajudar o
planeta. Recicle papéis, plásticos, vidro. Plante uma flor, regue seus
vasos ou seu jardim, cuide de uma árvore.

Veja o sol se pôr. O espetáculo que o crepúsculo oferece é lindo,
relaxante, reconfortante, traz esperança e o melhor: é gratuito!
Dedique uma semana do mês para admirar esta dádiva da natureza.

Compre uma fonte: não precisa nem ser muito grande, nem muito
cara. O importante é que você ouça o barulhinho da água corrente. E
imagine-se caminhando na beira da praia ou do rio, deixando-se embalar
pelo carinho da Mãe Natureza. É muito relaxante, confira!

Tenha uma cadeira confortável no seu local de trabalho, e em sua casa também.

Ainda no trabalho: se o sistema de ventilação não for bom, providencie assim que possível um ventilador portátil.

Verifique sua temperatura sempre, seja física ou da alma. Diz um
antigo provérbio oriental que "a atividade saudável é a boa cura para o
corpo que se encontra com frio". A serenidade, paz interior e
tranquilidade são verdadeiros bálsamos de cura para a alma que está
acalorada.

Tenha um papel e caneta ao alcance. Desenhe: seja uma flor, uma
borboleta, uma maçã, um pássaro. Arrisque e rabisque, desenhe e
descanse. Se puder, mantenha na bolsa um bloquinho de papel e
apetrechos necessários para desenhar e pintar no trabalho, em casa,
onde for.

Use os 5 sentidos… e o sexto também! Ouça, fale, deguste,
tateie, cheire elementos que lhe tragam prazer, sentimento de
satisfação e serenidade. Use também seu sexto sentido, sua intuição. às
vezes, você pode estar intuindo que um passeio à beira-mar, um banho
prolongado ou simplesmente admirar a paisagem com uma xícara de chá
pode lhe trazer calma e tranqüilidade. Então, acredite na intuição e
simplesmente faça!

Não é explicitamente uma dica para relaxar, mas em contrapartida
é uma dica que irá evitar a tensão, estresse, irritabilidade, alteração
de humor, nervosismo: jamais comece seu trabalho sem um bom café da
manhã, de preferência balanceado: frutas, suco, café, leite, pão
integral, iogurte, queijo, etc.



 

Dicas para desestressar. 10 de fevereiro de 2009

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 10:10

Dicas extraídas do livreto “52
maneiras de preocupar-se menos”, de Clene Salles, da editora Melhoramentos.


  Uma mente saudável se ocupa do
que vê, porque sabe que preocupar-se com aquilo que não se vê não é saudável.

  Distraia-se. Se os pensamentos
não se movem da repetição de idéias negativas, mude de canal. Leia um gibi,
tome um suco. Transfira a atenção para a aoutra coisa.

  Tome uma decisão. Qualquer
decisão é melhor que nenhuma. Pelo menos você sai do lugar. Respire fundo e
enfrente o que virá pela frente.

  Planeje. Planejar e se preocupar
são atitudes que envolvem pensar no futuro. Mas planejar é muito mais
produtivo.

  Algumas vezes, obter mais
informação sobre um assunto alivia a preocupação.

  Pense de forma construtiva. Quem
se preocupa demais tende a enxergar o pior em todas as coisas. Lembre-se:
sempre há um lado bom.

  Seja organizada. Muitas
preocupações surgem da desorganização. Por exmplo, faça uma lista de suas
tarefas, assim não vai se preocupar em esquecer-se de uma delas.

  Controle a tensão. A preocupação
anda de mãos dadas com a tensão. Se você conseguir relaxar o corpo, sua mente
vai relaxar junto. Procure relaxar praticando a meditação ou ioga.

  Pratique também o desapego. A
verdade é que não conseguimos controlar a maioria das situações da vida. E
quando uma situação complicada surgir, analise se pode resolvê-la. Se não
puder, coloque sua preocupação nas mãos do destino (ou de Deus, se esta for a
sua crença) e siga em frente.

  Aceite a realidade. Aquele que se
preocupa demais não tolera a incerteza, porque acha que ela sempre traz coisas
negativas. Mas veja a vantagem de se ter algumas incertezas: pode trazer
surpresas, desafios, mudanças e crescimento. E se não houvesse tudo isso, a
vida seria chata demais!

  Não encare seus fracassos como algo
que represente rejeição pessoal. Tem uma história interessante sobre isso:
havia um sujeito que fez seu TCC do curso de economia sobre um serviço noturno
de entregas de mercadorias e correspondência. Seu professor deu uma nota muito
baixa, dizendo que era algo sem sentido e que nunca daria certo. O sujeito
acabou se formando a duras penas e, mais tarde, fundou a Federal Express.

  Não trabalhe até muito tarde,
fazendo disso um hábito. Procure reservar um tempo para relaxar e para outras
atividades de lazer.

 

Para dar um tranco na sua memória. 9 de fevereiro de 2009

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 10:30
Dicas extraídas do livreto "52 Maneiras de Melhorar sua Memória", da editora Melhoramentos.
Autora Clene Salles.


Aplique sempre a "regra dos cinco", revisando o assunto a ser memorizado. O método é simples: depois de ter lido o material, revise-o 5 vezes; imediatamente; depois de 24 horas; depois de uma semana; um mês; três meses. A técnica foi criada pelo filósofo alemão Hermann Ebbiinghaus.

Se você está numa fase em que precisa memorizar números, pratique bastante o sodoku.

Se você está numa fase em que precisa memorizar a localização de países – estudar geografia, por exemplo – divirta-se nas suas horas vagas com quebra-cabeças.

Especialistas afirmam que retemos informações com mais facilidade no começo ou no fim de uma atividade. Por isso, faça pausas entre elas. E, quando retomar, concentre-se com toda a sua atenção.

No seu ambiente, cerque-se dos objetos de estudo e de memorização, e guarde aqueles que estão fora do seu interesse neste momento.

Mantenha-se conectada com seu objeto de estudo na maioria dos setores da sua vida, e acrescente alguns OVNIS ABCD (Obejtos de Valor de Notória Importância de Satisfação – objeetos que lhe tragam sensação de Alegria, Bem-estar, Confiança e Deleite), por exmplo: fotos de pessoas queridas, um vaso de flores que lhe agrada, etc.

Concentre-se, estude, respire – concentre-se, estude, respire – inspirações e expirações profundas ajudam o sistema nervoso a absorver mais informações.

Ao acordar ou deitar, evite sons estridentes ou desagradáveis, e evite imagens, filmes e histórias que tragam algum transtorno de humor (ansiedade, medo, aflição). Assim, o seu sistema cerebral não se desgasta buscando maneiras de aliviar mais esse estresse, perdendo o foco e tendo um trabalho extra para resgatar o bem-estar.

Sempre tenha em mente os benefícios concretos e sutis de se ter uma boa memória. No aspecto concreto: vantagens profissionais. No aspecto sutil: melhora da autoestima e bem-estar social.

Sabe qual é o prato favorito do cérebro? Novidades! Isso o torna robusto e cheio de memória. Aprenda 10 coisas novas por dia.

Quando estiver estudando ou pesquisando, procure no início fazer uma síntese usando palavras simples e descomplicadas. Com o tempo, passe a usar novas palavras que foram acrescidas a seu vocabulário.

Crie o hábito de se desabituar! Pois é, por incrível que pareça, alterar os hábitos do cotidiano ajuda a fortificar as conexões nervosas cerebrais!

Faça associações, sempre.

Sua lista de coisas a fazer ou seus pontos principais de estudo devem ser lidos algumas vezes em silêncio e, logo a seguir, leia-os em voz alta para maior fixação.

Para exercitar seus neurônios relativos à memória, leia uma história em silêncio e, depois de algumas horas, conte essa mesma história para alguém.

Para se concentrar e memorizar com mais facilidade, leia os textos acompanhando com o dedo indicador, caneta ou lápis.

Associe a memória às emoções. Ligue um presente à pessoa querida de quem o recebeu.
 Ou um vídeo ao momento em que foi realizado. A atenção pode ser despertada sempre que a emoção for acionada, e a lembrança ficará gravada.

Ouça música de manhã e à noite.

Leia um livro, uma notícia na revista e comente no trabalho. Assista a um filme e conte aos amigos. Quanto mais forçar a memória para relembrar o que leu ou assistiu, mais conexões são criadas no cérebro e, associado ao ato de falar, esse comportamento vai reforçar a memória.

Relaxe antes de aprender uma coisa nova. Esta é uma das maneiras mais eficazes de melhorar a memória.

Mantenha as coisas em ordem, tanto na vida pessoal como no trabalho. Essa ordem facilita a "gravação" de novas informações.

Faça palavras cruzadas. É um exercício essencial para combater a falta de memória.

Foi apresentada a alguém? Se isso acontece com você, use este truque: repita mentalmente o nome da pessoa várias vezes e procure colocá-lo numa frase. Se puder associar à profissão dela, melhor ainda.

Durma bem. Alguns cientistasafirmam que uma redução de apenas 2 horas de sono atrapalha a habilidade para lembrar coisas no dia seguinte.

Exercite o cérebro!

 

Reciclagem de Vida 25 de junho de 2006

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 17:57
Reciclagem de Vida
Letícia Thompson
Não sei se a vida se recicla.
Não, talvez não.
Mesmo se após um tempo de reflexão decidimos
mudar nossa vida,
seremos sempre nós mesmos no fim.
Mudados, mas nós.
Com todas as marcas e cicatrizes para que não
nos esqueçamos do que fomos.
Sabemos que jamais poderemos recolar os
pedaços das coisas vividas e construir novas.
Colchas de retalhos são muito bonitas,
mas não passam de colchas de retalhos
.
Remenda-se panos,
recola-se papel ou vidro, mas não se remenda vidas,
não se recola momentos passados,
coisas que deixamos pra trás.
Recomeçar? Sim.
Recomeçar é possível,
mesmo (e felizmente!) se já não somos os mesmos.
Aprendemos, à custa de dor,
mas aprendemos.
Não cometeremos duas vezes os mesmos erros,
não beberemos a mesma água.
Durante anos vivemos como se não tivéssemos
outras alternativas.
A vida é assim… é o destino.
Mas nosso destino, nós fazemos.
Nossas prioridades,
escolhemos e aprendemos a viver com elas.
E só depois, mais tarde,
é que nos questionamos sobre o fundamento
das nossas escolhas.
Há pessoas que acham que é tarde demais para
mudar e continuam na mesma linha,
mesmo se conscientes de que talvez esse não
tenha sido o melhor caminho.
Homens e mulheres que se mataram a vida
toda para ganhar dinheiro,
terminam muitas vezes a vida sozinhos,

cheios de dinheiro,
vazios de amor.
E felizes há aqueles que descobrem que ainda
é tempo para fazer alguma coisa.
E que podem redefinir as próprias prioridades
e assumi-las.
Vai doer, mas vai valer a pena,
porque no fim das contas vamos ter a consciência
tranqüila de que tentamos.
Um dos piores sentimentos que existem é o de não
poder recapturar um momento que gostaríamos
que tivesse sido diferente.
O eu de hoje não teria feito isso ou aquilo,
mas o que eu era ontem não sabia o que sei agora.
Se soubesse,
teria cometido menos erros.
Mas temos um Deus tão bom e tão grande que
Ele está sempre nos oferecendo a oportunidade
de nos redimir e fazer novas escolhas.
E agora? Agora sabemos.
Não vamos pegar atalhos.
Eles podem ser atraentes,
mas nos impedirão talvez de aproveitar as
belezas da jornada.
O caminho da vida é bonito,
apesar de ser mais difícil para uns que para outros.
Mas é bonito se sabemos tirar o máximo do que é bom. Noites escuras
podem nos fazer ver mais
claramente as estrelas.
Só veremos o nascer do sol se acordarmos cedo.
Coisas simples que a natureza nos ensina.
Reciclagem de vida?
Talvez sim.
Talvez sejamos, no fim das contas,
uma colcha de retalhos da vida.
Mas que sejamos então uma bela colcha nova
enfeitando um quarto,
um coração,
talvez mesmo muitos corações e muitas vidas,
a começar por nós mesmos.
 

Recomeçar

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 17:43

Recomeçar

Paulo Roberto Gaefke

Não importa onde você parou…

Em que momento da vida você cansou…

O que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…

É renovar as esperanças na vida e o mais importante…

Acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado…

Chorou muito? Foi limpeza da alma…

Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia…

Sentiu-se só por diversas vezes? É por que fechaste a porta até para os anjos…

Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora…

Pois é…

Agora é hora de reiniciar…

De pensar na luz…

De encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Um novo curso…

Ou aquele velho desejo de aprender a pintar…

Desenhar…

Dominar o computador…

Ou qualquer outra coisa…

Olha quanto desafio…

Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho? Besteira…

Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"…

Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza…

Nem nós mesmos nos suportamos…

Ficamos horríveis…

O mal humor vai comendo nosso fígado…

Até a boca fica amarga.

Recomeçar…

Hoje é um bom dia para começar novos desafios.

Onde você quer chegar? Ir alto… Sonhe alto…

Queira o melhor do melhor…

Queira coisas boas para a vida…

Pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…

Se pensamos pequeno…

Coisas pequenas teremos…

Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor…

O melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da faxina mental…

Joga fora tudo que te prende ao passado…

Ao mundinho de coisas tristes…

Fotos…

Peças de roupa, papel de bala…

Ingressos de cinema bilhetes de viagens…

E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados…

Jogue tudo fora…

Mas principalmente….

Esvazie seu coração…

Fique pronto para a vida…

Para um novo amor…
Lembre-se, somos apaixonáveis…

Somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes…

Afinal de contas…

Nós somos o "Amor"…

"Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura".

 

Cachoeiraaaaaaas!!!!!!!! 5 de fevereiro de 2006

Filed under: Saúde e bem-estar — patkovacs @ 21:05
PEDRA BRANCA
BANGU – RIO DE JANEIRO
 
 
 
Pegue o bairro Bangu, do Rio de Janeiro, um bairro nacionalmente conhecido por dois péssimos aspéctos: comportar 11 presídios, sendo 4 de segurança máxima, e aprensentar as maiores temperaturas do país.
Morei aqui praticamente minha vida inteira e nunca, jamais, pensei que aqui ocultasse tal pequenino paraíso!
PEDRA BRANCA
O segundo maior parque urbano do mundo, constituido em 1973 e ainda hoje sofrendo degradações e violências contra o meio ambiente, com pedreiras, queimadas e ocupação desordenada.
Mas depois de umas horinhas de caminhada puxada, passando pelo matagal inicial, encontramos trilhas de cachoeiras, córregos e mata atlântica. Não é nenhuma Serra do Sana, mas é ainda muito, muito válido!
 Ontem, sábado, Mayumi-chan me ligou me chamando para fazer a trilha. Desde dezembro não tinha contato com ela. Relutei em aceitar, relutei ainda hoje em ir (e minha mãe dando aquela força… :S), mas graças a Deus que fui e, principalmente, que ocorreu tudo mto bem e que me fez mto bem ainda!
Então fomos Mayumi, o Márcio (namorado), um amigo dela, Luciano e eu (claro ¬¬’).
E, aliás, acabei ganhando um novo amigo ^^ O Márcio já conhecia e ele é quem vai fazer a minha tatoo (algum dia ¬¬’). E Luciano é uma pessoa mto gente fina, bacana mesmo! Desceu de lá com um saco cheio de lixo largado por outros "visitantes", e sequer ali é área dele (ele mora no Centro do Rio).
Quando chegamos ao Jardim Maravilha (um sub-bairro de Bangu), Mayumi se encontrou com um amigo dela que mora lá e ele e o primo foram nossos guias pelas trilhas. Roberto e Rafael, se não me engano os nomes.
Foi super legal! Muito bom mesmo!
E você poderá conferir essa minha aventurazinha de hoje no álbum de fotos chamado ‘Pedra Branca’.
Não teve manga nem cajá (tem pé disso assim lá!), mas teve bastante pancadas de água, escorregão em pedra, rapel em raizes e cipós e mais outros montes de escorregões na descida, praticamente me agachei e fui deslizando em certo pontos (a perna já não mexia mais) XDDD
Fiquei com peninha por não ter chamado a Suzenne para ir, mas não achei que seria prudente já que eu não conhecia a área e não poderia arriscar ela nessa empreitada. Mas, tadinha… ela não iria conseguir passar da primeira cascata, porque a subida é quase hard-core. Desculpa, Sú! Mas podemos ir qualquer dia desses e ficar lá na primeira queda, já que aquele povo doido com quem fui não sossegou até que chegasse o mais alto possível da Pedra Branca e isso foi às 14h (nós começamos a caminhada às 11h!)
 
Minhas mãos e pés estão esfolados pelas subidas pela trilha e pela cachoeira e alguns rapels que precisaram ser feitos, tanto pra subir quanto pra descer; meus músculos das coxas estão que mal consigo me lavantar agora; meu pulmão e minhas glândulas sudoríparas ainda não tinham trabalhado tanto há meses como foi hoje em poucas horas, mas a cabeça… nossa, tá muito, mas muito bem!!
Não hoje e nem amanhã, mas logo estaremos prontas pra outra!
E que seja breve!
É bom voltar a viver, reencontrar os "velhos" amigos e fazer novos!
Ah! E ainda ganhei hoje o meu presente de Natal, com Mayumi desde o Natal XD Brigadão, Meega!! Adorei o gatinho e o cordãozinho! De coração!!!! (Tá lá no album tb!)